Calendário

Agosto 2022
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
29
30
31

Apresentação

O Curso de Gestão de Serviços de Saúde é ofertado na Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. A Escola de Enfermagem, uma das 20 unidades da UFMG, foi criada em 7 de julho de 1933, constituindo-se como uma unidade acadêmica a partir de 28 de fevereiro de 1968, quando foi desvinculada da Faculdade de Medicina.

O Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), instituído pelo decreto nº. 6096, de 24/04/2007, dentro do Plano de Aceleração do Crescimento para a Educação, propôs que as Universidades Federais, por adesão, elaborassem propostas de crescimento por meio de novos cursos, preferencialmente noturnos, ou expansão de vagas nos cursos existentes. Nesse sentido, a Universidade Federal de Minas Gerais, apresentou ao Ministério de Educação e Cultura (MEC), seu projeto de expansão, aprovado em dezembro de 2007, contemplando ampliação de cursos existentes e criação de cursos novos.

É nesse contexto que nasce o Curso de Gestão de Serviços de Saúde (CGSS), sediado na Escola de Enfermagem e desenvolvido em parceria com a Faculdade de Medicina e com a Faculdade de Ciências Econômicas, na perspectiva de uma formação interdisciplinar. A proposta de formação interdisciplinar de um profissional para a administração de sistema e de serviços de saúde se justifica pela demanda de gestão nos diferentes serviços de atendimento aos usuários, serviços de vigilância e níveis centrais de decisão. A formação do profissional tem como foco conhecimentos da área de saúde, administração, economia, demografia e disciplinas afins, que privilegiam a visualização do setor em sentido amplo e o fornecimento de instrumental para a ação, visando à necessária profissionalização da gestão. Ressalta-se que a administração do setor saúde é, ainda em grande parte, exercida por profissionais de diferentes categorias, tais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, odontologistas, dentre outros, que buscam capacitação principalmente em cursos de especialização.

A parceria entre a Escola de Enfermagem, Faculdade de Ciências Econômicas e Faculdade de Medicina, se inseriu no esforço de formação necessário para a gestão dos serviços de saúde, reafirmando a posição da UFMG no cenário da saúde.

Cabe salientar que, de modo especial, o desenvolvimento do princípio da interdisciplinaridade configura-se como uma premissa no Curso de Gestão de Serviços de Saúde. Trata-se da busca de diálogo permanente entre as áreas da Saúde, Economia, Administração, Demografia e Contabilidade para compreender a complexidade das políticas e organizações de saúde e propor ações de intervenção nessa realidade.

Além disso, o processo de discussão para o planejamento do curso mostrou possibilidades e oportunidades interdisciplinares para agregar estudos avançados, fomentar a adoção e criação de novas tecnologias de formação na graduação, além de contribuir para o avanço da ciência e do conhecimento e de novas experiências gerenciais.

A inserção dos gestores de serviços de saúde formados pela UFMG, têm demonstrado o diferencial destes profissionais, qualificados para a especificidade de gerenciar setor tão complexo como a saúde, quando inseridos nos três níveis de atenção. Pesquisa de egressos realizada em 2018 e apresentada no Congresso Internacional de Gestão de Serviços de Saúde realizado de 1 a 3 de outubro de 2018 corrobora esta afirmativa.

Ao longo dos 10 anos de existência do curso foram necessárias mudanças na Matriz Curricular, baseado em processos avaliativos intra e extra curso e consequentemente atualização do PPC. O Núcleo Docente Estruturante – NDE, atuando desde 2010, tem tido papel importante na condução destas atualizações a partir de sua segunda versão.

Cabe destacar que nos grandes centros urbanos, a gestão em saúde ainda é realizada por profissionais capacitados em cursos de pós-graduação, que exercem atividades técnicas da profissão de origem, concomitantemente às atividades administrativas, ou abandonam as profissões de formação para se dedicarem à área administrativa. Por outro lado, no interior do Estado de Minas Gerais e de outros Estados observa-se escassez de profissionais capacitados para a área administrativa e dificuldades de aproveitamento das categorias tradicionais da área de saúde, em face do reduzido número disponível, ficando muitas vezes a gestão dos serviços vinculada a outros profissionais.

Cabe destacar que o curso se insere na saúde coletiva já que a gestão em saúde deve estar atenta à saúde da coletividade e não apenas a processos administrativos. Nesse caso, tendo atenção aos determinantes sociais e seus efeitos na saúde da população. Dessa forma, o gestor de serviços de saúde deve ter conhecimentos ampliados nas diversas áreas que envolvem o processo saúde-doença.

Perfil do Profissional Egresso
O egresso do Curso de Gestão de Serviços de Saúde é um profissional que atua no âmbito da saúde, com formação multidisciplinar e interdisciplinar nas áreas de economia, saúde e administração, com olhar humanista e interdisciplinar, crítico, criativo, empreendedor e com visão ampla do contexto social, político e econômico. Deve ser capaz de elaborar, implantar e avaliar propostas na área de gestão para atender as necessidades de saúde da população.

A formação do gestor de serviços de saúde é ampla, de forma a possibilitar ao profissional subsídios para a atuação em diferentes cenários da rede de atenção à saúde, entre eles serviços da atenção primária, secundária e terciária, urgência e emergência, da atenção hospitalar, serviços especializados de apoio diagnóstico e terapêutico, ou seja, nos vários níveis de complexidade da rede de serviços, bem como níveis de decisão centrais e regionais das Secretarias Municipais, Estaduais de Saúde, Ministério da Saúde, dentre outros.

Percursos Curriculares
O currículo do curso é composto por 03 (três) percursos de integralização: Bacharelado com Formação Geral; Bacharelado com Formação Complementar; e Bacharelado com Formação Avançada. Cabe destacar que todos os alunos ingressantes no CGSS o fazem no percurso de Formação Geral. O aluno pode solicitar alteração de percurso uma única vez a partir do terceiro período até o sétimo período.

No percurso de integralização do Bacharelado com Formação Geral, o aluno integralizará 2265 horas de atividades acadêmicas curriculares obrigatórias, 570 horas de atividades acadêmicas curriculares optativas e 165 horas de formação geral (Núcleo Geral). A formação geral envolve aquelas atividades acadêmicas curriculares que abordam temas de amplo interesse, orientadas para a formação intelectual, crítica e cidadã, escolhidas pelo aluno dentre aquelas ofertadas pela UFMG a estudantes de todos os cursos.

Percurso Curricular Formação Geral2Clique na imagem para ampliar

O percurso do Bacharelado com Formação Complementar traz como exigência a integralização de 2265 horas em atividades acadêmicas curriculares obrigatórias, 450 horas atividades acadêmicas curriculares optativas e 285 horas relacionadas ao Núcleo Complementar. As exigências do núcleo complementar no percurso podem ser cumpridas pela integralização de uma estrutura formativa de formação complementar escolhida pelo estudante dentre aquelas ofertadas pela UFMG ou por uma formação complementar aberta, quando o elenco e a ordenação das atividades acadêmicas curriculares que a integram forem propostos pelo estudante ao Colegiado do Curso, que será responsável pela sua aprovação e acompanhamento.

Percurso Formação 2
Clique na imagem para ampliar

O Bacharelado com Formação Avançada é o terceiro percurso ofertado aos acadêmicos do curso de gestão de serviços de saúde. O percurso é composto por 2265 horas em atividades acadêmicas curriculares obrigatórias, 570 horas de atividades acadêmicas curriculares optativas e 165 horas de disciplinas de formação avançada. A Formação Avançada (Núcleo Avançado) é integralizada a partir de um conjunto de atividades acadêmicas curriculares integrantes de currículos de cursos de pós-graduação às quais o estudante tenha acesso dentro da UFMG.
Percurso 3
Clique na imagem para ampliar