Calendário

Fevereiro 2023
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

Webconferência aborda desafios cotidianos na gestão da APS

O Projeto Telegestão da EEUFMG realizou no dia 5 de outubro a webconferência sobre esafios cotidianos na gestão da Atenção Primária à Saúde (APS) para os municípios de Minas Gerais cadastrados pelo Programa Nacional de Telessaúde Brasil Redes. O tema foi abordado pela secretária municipal de aaúde de Santana do Riacho, Maria Isabel Coelho da Cruz. Cerca de 120 pessoas participaram de forma remota do evento que abortou aspectos problemáticos da APS, bem como ações necessárias para cada uma destas.

A palestrante abordou aspectos dos desafios que norteiam a APS, tais como desafio extensão territorial, alta rotatividade de profissionais, atenção domiciliar/promoção e prevenção, urgência e emergência, profissionais capacitados para atuação no modelo vigente e vigilância em saúde.

Maria Isabel Santana do Riaacho

“Nós gestores pensamos apenas em recursos e investimentos financeiros, o que são sem dúvida essenciais para as políticas em saúde, mas há outros fatores importantes: A experiencia, além do uso da literatura que embasa tanto no nosso trabalho”, afirmou Maria Isabel.

Ela enfatizou, ainda, sobre a experiência em Santana do Riacho, para explicar como a dimensão territorial de 677,207 kms² e a população total de 4023 habitantes interferem no planejamento do município. “É necessário observar o comportamento e a importância do local como um todo, pois durante a pandemia o município atingiu 5000 habitantes justamente por ser um local turístico. Associado a isto, é necessário saber quem é esse indivíduo e paciente que chegaram ao serviço de saúde. É essa nova dor e essa novo rosto que precisam ser reconhecidos pelo gestor de serviço de saúde, pois afetam diretamente os serviços de urgência e emergência. Além disso, para um usuário inserido no município que está a muitos quilômetros de distância do centro de saúde da família que contempla a sua residência, o que será feito para que este tenha acesso ao seu direito?”, questionou.

Assista neste link a webconferência completa.